Don Divo Barsotti

Arquivo do blog

segunda-feira, 6 de julho de 2020

FREI MIGUEL GRILO MISSIONÁRIO EM TIMOR LESTE

Paz e Bem!
Ao longo dos anos tive a oportunidade de me cruzar com inúmeras pessoas, que foram verdadeiras bênçãos na minha vida.
Não lamento de me ter cruzado com ninguém, pois com todos aprendi algo, que me ajudou a ser alguém melhor...
Estes dias, pelo meu aniversário, fui recebendo inúmeras mensagens de parabéns... e muitas dessas mensagens me fizeram lembrar tantos momentos extraordinários da minha vida, junto dessas pessoas, que me marcaram profundamente.
Hoje agradeço a Deus, não só por aquilo que sou, mas também pelo caminho que percorri na Sua presença. E os inúmeros amigos que fui fazendo ao longo dos anos me foram ensinando que Deus, além de ser PAI... continua também a ser AMIGO. Amigo esse que se manifesta, das mais diversas maneiras, nos amigos que foram cruzando a minha vida (ou eu a deles!!!)
Termino dizendo um muito obrigado pela amizade de todos vós. E apesar de muitas vezes permanecer em silêncio.... vos lembro a todos nas minhas orações, pedindo a Deus que vos recompense pelo muito que são na minha vida.
Que Deus vos Abençoe e vos acompanhe sempre....
PS - Cada foto representa uma parte importante da minha vida....

Eis que publico mais algumas fotos da caminhada a Waimori...
(Obrigado Prof. Helia Gomes pelas fotografias)

domingo, 5 de julho de 2020

SANTA FILOMENA : SURPREENDENTE ENCONTRO - MARTÍRIO DA SANTA - ORAÇÕES +

"S=ÍNDICE=

 - ORAÇÕES + FOTOSANTA F

  
  
  
   

S.Pio X e a sua Devoção a Santa Filomena

Devoção a Santa Filomena
Padroeira do Rosário Vivo
Padroeira dos Filhos de Maria
Padroeira dos Estudantes
- festa: 10 de agosto -
Os fundamentos do culto a Santa Filomena se encontram nas Sagradas Relíquias encontradas no dia 25 de maio de 1802, no cemitério de Santa Priscila (nas escavações das Catacumbas de Roma), e nas lições do seu Ofício introduzido pelo Papa Gregório XVI, que a declarou oficialmente Virgem e Mártir.
Tantos e tão grandiosos foram os milagres e graças alcançados pela intercessão de Santa Filomena, que ela foi chamada Grande Taumaturga do Século XIX. Muitos Papas e santos foram devotos de Santa Filomena, entre os quais São João Maria Vianney, São Pedro Julião Eymard, e o Beato Bártolo Longo.
O PAPA PIO X E SANTA FILOMENA
Em junho de 1907, o Santo Padre Pio X falou com carinho sobre a taumaturga Santa Filomena, alvo de tantas discussões na época, que colocavam em dúvida sua própria existência histórica:
“Seja este o seu nome ou tivesse ela outro qualquer (e aqui ele enumerou alguns), isso pouco importa. É certo, é fora de dúvida e está provado à saciedade que a alma que informava estes restos sagrados era uma alma pura e santa que a Igreja declarou Virgem e Mártir. Esta alma foi tão amada de Deus, tão agradável ao Espírito Santo, que obteve as mais maravilhosas graças, em favor de quantos recorreram à sua proteção.”
Fonte (livro Santa Filomena, Pe. Porfírio Gomes Moreira - Portugal)

Santa Filomena Oggi


4-300x300DSC00172-300x300filumena055-300x3002-300x3003-300x300filumena055-300x300filumena047-300x300filumena033-300x300
L’Arciconfraternita Universale di Santa Filomena, è la famiglia filomeniana nel mondo. Essa è un movimento internazionale di fedeli che, attraverso la devozione alla nostra Martire, promuove l’amore per Gesù e Maria. I singoli centri, attraverso la loro autonomia locale, promuovono la devozione alla Santa e sono di sostegno al Santuario.
www.philomenafamily.com

La costituzione
La Confraternita di Santa Filomena è elevata a rango di Arciconfraternita dal Papa Leone XIII.
Pope-Leo_XIII
Pope Leo XIII
Il 15 gennaio 1912, San Pio X, rinnova all’Opera di Santa Filomena la sua benedizione con le seguenti parole: ”Per i beneamati soci dell’Arciconfraternita di Santa Filomena e del beato J. M. Vianney, con l’augurio fervente che, per l’intercessione dell’Una o dell’Altro, il Signore sia prodigo delle sue più grandi grazie per tutti. Noi inviamo cordialmente la Benedizione Apostolica”.
Per affermare definitivamente il culto di S. Filomena e porre la parola fine a certe discussioni oziose, il 21 maggio 1912 S. Pio X eresse la venerabile Arciconfraternita di S. Filomena in Arciconfraternita Universale, con il Breve Apostolico “Pias Fidelium Societates”, nel quale chiaramente precisava: “Decretiamo che la presente scrittura sia e permanga sempre stabile, valida ed efficace, e che essa riceva ed ottenga i suoi effetti pieni ed interi, così deve essere regolarmente giudicata e definita, e se procede in altro modo, sarà nulla e priva di valore, qualunque sia la sua autorità…”.
Attualmente l’opera o Arciconfraternita universale di Santa Filomena continua dal Santuario di Mugnano, sede del culto filomeniano nel mondo, il lavoro e l’impegno del Santo Curato d’Ars che è il secondo patrono dell’Opera. Il 21 maggio 2012 viene istituita una sede dell’Arciconfraternita Universale di S. Filomena in Scozia, sotto la direzione di Marie Burns, Direttore Generale.
Il Direttore  gestisce tutta l’organizzazione della devozione di Santa Filomena nel mondo, affinché il Santuario si dedichi esclusivamente al  lavoro spirituale.
Il Rettore del Santuario di Santa Filomena di Mugnano del Cardinale è il padre spirituale di tutta l’Arciconfraternita Universale di Santa Filomena ed è il Presidente Onorario della stessa.
Di norma,  nomina il Direttore generale dell’Arciconfraternita di Santa Filomena.

L’Opera dell’Arciconfraternita Universale di Santa Filomena è una associazione di preghiera e di apostolato che propone:
  • L’impegno di vita al Vangelo di Cristo sull’esempio di Santa Filomena e diffusione del suo culto.
  • L’interessare il maggior numero di persone agli intenti apostolici, che il Papa Leone XIII e San Pio X hanno raccomandato sotto il patrocinio di Santa Filomena e del Santo Curato d’Ars:
  • L’educazione cristiana dei bambini e della gioventù.
  • La preghiera per le Vocazioni e la santificazione del clero.

A História de Santa Filomena

Santo do Dia - 10 de Agosto - Santa Filomena, padroeira dos Filhos ...

 A História de Santa Filomena Figura 1: Pintura de Santa Filomena solicitada por São João Maria Vianney, santuário de Ars, França. Vianney relatava que a representação era conforme a aparência exata de Santa Filomena, que também apareceu ao sacerdote. O Santo Cura d’Ars, patrono de todos os párocos, foi grande devoto e amigo da santa. Em 1843, agonizante já desacreditado pelos médicos, curou-se por intercessão da pequena santinha, como carinhosamente a chamava. A seus pés, os instrumentos de seu suplício. Três pessoas, desconhecidas entre si e vivendo em três lugares distintos na Itália, tiveram o que parecia ser uma revelação privada feita a eles sobre a vida de Santa Filomena. Comparados, quando vieram a ser conhecidos, estes três relatos se confirmaram idênticos, a menos em diferentes níveis de detalhes. O mais famoso e circunstanciado dos três relatos é aquele feito pela irmã Maria Luísa de Jesus, fundadora das oblatas de Nossa Senhora das Dores, e que na época da revelação pertencia à ordem terceira dominicana. No dia 3 de agosto de 1833, esta irmã estava rezando depois de receber a comunhão, diante de uma pequena estátua que representava Santa Filomena, quando sentiu um grande desejo de saber o dia exato do martírio da santa. Isto porque, afinal de contas, 10 de agosto era apenas o dia em que as relíquias de Filomena chegaram à cidade de Mugnano. Se por um lado este era um grande dia para a cidade, não era porém tão interessante àqueles que viviam fora de Mugnano. Este pensamento sempre lhe ocorria, mas naquele momento o desejo preenchia completamente o seu coração. A este ponto ouviu uma discreta voz a lhe dizer: «Cara Irmã, 10 de agosto foi o dia de meu descanso, de meu triunfo, de meu nascimento no Céu, de minha entrada na posse daqueles bens eternos que nenhuma mente humana é capaz sequer de imaginar. Por esta razão que meu Divino Esposo dispôs, por Seus mais altos decretos, que minha chegada a Mugnano deveria ser no dia de minha chegada no Céu! Ele preparou tantas circunstâncias que fizeram com que minha chegada a Mugnano fosse gloriosa e triunfante; dando alegria para toda gente, mesmo que o pároco que me conduziu estivesse firmemente decidido a que meu translado se realizasse de forma discreta no dia 5 do mês, em sua própria casa. Meu Esposo Omnipotente impediu-o com tantos obstáculos que o sa1 cerdote, apesar de ter feito tudo o que podia para levar adiante seu plano, não o pôde. Assim foi que o tal translado foi feito no dia 10, o dia de minha festa no Paraíso!» Em decorrência deste acontecimento, irmã Maria Luísa foi tomada de tristeza já que julgava que havia facilmente caído como presa de uma ilusão. Ela refugiou-se no sacramento da penitência, confessando tudo ao seu diretor. Ele não foi tão imediato em descartar a matéria. Ele a testou. Escreveu a Mugnano e perguntou a Don Francesco di Lucia se era verdade que ele havia originalmente intencionado que o translado tivesse se dado silenciosamente no dia 5 em sua própria casa. E a resposta que veio depois claramente mostrava quantos obstáculos impediram sua inocente tentativa de trazer seu desejo de Roma rápida e discretamente para sua própria capela! Então, o diretor espiritual de irmã Maria Luísa deu-lhe a ordem de pedir a Santa Filomena que lhe dissesse mais sobre sua vida e seu martírio. Pois que Maria Luísa foi a ela, pediu que não reparasse no pedido feito por obediência, e que lhe dissesse um pouco mais. Veio então um dia em que, estando em sua cela, ela sentiu seus olhos sendo fechados e ouviu novamente aquela voz graciosa. Segue-se o relato da vida de Santa Filomena como extraído do relato oficial do padre Francesco di Lucia, intitulado Relazione Istorici di Santa Filomena e subsequentes atualizações, a partir das locuções recebidas pela irmã Luísa de Jesus em Agosto de 1833, relatos estes que receberam autorização oficial do então Santo Ofício, (hoje a Congregação para a Doutrina da Fé) a 21 de dezembro de 1833:  LER...

Santa Filomena em Portugal Devocionário



Devocionário
bannerhomepage_icon


  ☰  ÍndiceSaudação a Santa Filomena
(Oração muito poderosa e querida a Santa Filomena, composta pela Serva de Deus Irmã Maria Luisa de Jesus)

Saúdo-vos, Filomena, Virgem e Mártir de Jesus Cristo, e peço-vos que oreis a Deus pelos justos, para que se conservem em sua justiça e cresçam diariamente de virtude em virtude.
Creio em Deus Pai...
Saúdo-vos, Filomena, Virgem e Mártir de Jesus Cristo, e peço-vos que oreis a Deus pelos pecadores, para que se convertam e vivam a vida da graça.
Creio em Deus Pai...
Saúdo-vos, Filomena, Virgem e Mártir de Jesus Cristo, e peço-vos que oreis a Deus pelos heréticos e infiéis, para que venham à verdadeira Igreja e sirvam ao Senhor em espírito e verdade.
Creio em Deus Pai...
Glória ao Pai... (três vezes, à Santíssima Trindade, em ação de graças pelos favores concedidos a tão ilustre Virgem Mártir heroína do Evangelho).
Salve Rainha... (à Virgem das Dores, para agradecer-lhe a suprema fortaleza que lhe alcançou nos seus múltiplos e cruéis martírios).
Creio em Deus Pai...
images/symbols/printer.pngimages/separador-horiz.png

Ladainha de Santa Filomena

(Composta pelo Santo Cura d'Ars, São João Maria Baptista Vianney)

Senhor, tende piedade de nós.
Jesus Cristo, tende piedade de nós.
Senhor, tende piedade de nós.
Jesus Cristo, ouvi-nos.
Jesus Cristo, atendei-nos.
Pai Celeste, que sois Deus, tende piedade de nós.
Filho de Deus, Redentor do Mundo, tende piedade de nós.
Espírito Santo, que sois Deus, tende piedade de nós.
Santíssima Trindade, que sois um só Deus, tende piedade de nós. 
Santa Maria, Rainha das Virgens, rogai por nós.
Santa Filomena, cheia de abundantes graças desde o berço, rogai por nós.
Santa Filomena, fiel imitadora de Maria, rogai por nós. LER E REZAR....