Arquivo do blog

segunda-feira, 15 de fevereiro de 2016

Na véspera do centenário de Fátima, Pe. Amorth avisa: Nossa Senhora pediu a consagração da Rússia, mas não foi feita. Por isso a punição pode estar perto




Na véspera do centenário de Fátima, Pe. Amorth avisa: a consagração da Rússia não foi feita e a punição pode estar perto
Na véspera do centenário de Fátima, Pe. Gabriele Amorth, exorcista de Roma avisa:
a consagração da Rússia não foi feita, por isso a punição pode estar perto



LifeSite(edição impressa) entrevistou o Padre Gabriele Amorth, o principal exorcista de Roma, a cidade dos Papas. Ele é autor de diversos livros sobre o delicado tema. Entre eles: Um Exorcista Conta Sua História eUm Exorcista: Mais histórias.

O Pe. Amorth fundou e liderou a Associação Internacional de Exorcistas, tendo praticado centenas de exorcismos em seus mais de 30 anos nessa função apostólica.

Ele é toda uma autoridade na matéria e conhece de perto as insídias e os artifícios do príncipe das trevas. Também discerne com acuidade o que o pai da mentira trama contra a Igreja e a Cristandade, para a perdição do maior número de almas.

No próximo ano de 2017 serão comemorados os cem anos das aparições de Nossa Senhora em Fátima.

Nelas, entre outras coisas, Nossa Senhora advertiu os videntes a respeito dos artifícios de Satanás para a perdição do mundo.

Também fez uma referência explícita e insistente aos males que, inspirados por Satanás, homicida por excelência, viriam por meio da Rússia se esta não fosse consagrada ao seu Imaculado Coração.

Desde 1917 foram feitas várias consagrações por diferentes Papas. A mais solene foi a de 25 de março de 1984, por João Paulo II e todos os bispos do mundo.

Entretanto, explica o Padre Gabriele Amorth, essas consagrações não preencheram as condições pedidas por Nossa Senhora e não podem ser consideradas como atendendo ao pedido d’Ela em 1917.

Passou demasiado tempo e, segundo o experimentado sacerdote, são de se temer as mais terríveis consequências num prazo até muito curto.

A respeito da solene consagração de 1984, o Pe Amorth conta: “Eu estava lá em 25 de março, na Praça São Pedro, na fila da frente, praticamente a curta distância do Santo Padre. 

“João Paulo II quis consagrar a Rússia, mas sua comitiva não, temendo que os ortodoxos [cismáticos russos] ficassem contrariados, e eles quase o frustraram.

“Quando Sua Santidade consagrou o mundo de joelhos, ele acrescentou uma frase não incluída no texto distribuído e falou consagrar ‘especialmente os povos dos quais Vós aguardais nossa consagração.'

Bispos e padres católicos sendo processados e condenados em São Petersburgo,
nos  primórdios da Revolução Comunista russa. Fonte: L'Illustration de Paris.
“Indiretamente, isso incluía a Rússia. No entanto, uma consagração específica ainda não foi feita”.

LifeSite lembrou que Nossa Senhora predisse em Fátima que o sangue dos mártires correria se não fossem feitas penitências. E esse sangue dos mártires hoje flui copiosamente. Então, perguntou: quanto tempo se terá antes que Deus envie o castigo?

O exorcista respondeu: “Não nos esqueçamos do que disse Nossa Senhora: ‘Por fim, o meu Imaculado Coração triunfará. O Santo Padre me consagrará a Rússia, que se converterá e será concedido ao mundo um período de paz’... Em breve teremos grandes acontecimentos”.

Quando? – insistiu LifeSite:

Ao que o Padre Amorth respondeu:

“Em certa ocasião Israel se afastou de Deus para abraçar a idolatria. Os profetas foram tratados muito mal. Finalmente Deus puniu. Hoje, o mundo prossegue no puro ateísmo. Sem o Senhor, o progresso é mal utilizado.

“Vemo-lo nas leis, que vão totalmente contra a natureza, como o divórcio, o aborto, o ‘casamento’ homossexual...

“Por isso Deus em breve admoestará a humanidade de uma maneira muito poderosa, Ele sabe como nos lembrar de Sua presença”.

O Pe. Amorth esclareceu que não fixava nem sabia as datas. Mas disse:

“Acho que estamos cada vez mais e mais perto. O Senhor vai Se fazer ouvir e o mundo terá que responder. 

“Olho para tudo isso com otimismo, porque Deus sempre age de modo a nos obter um bem maior do que os castigos infligidos, que são voltados para abrir os olhos da humanidade, que O esqueceu e O abandonou.

“Eu estive com o Padre Pio durante 26 anos e me lembro de como ele estava furioso com a invenção da televisão: ‘Você vai ver o que ela vai fazer!’, disse ele. Eu estou muito no meio do povo e vejo quantas pessoas foram arruinadas pela televisão e pela Internet...”

“A cada ano, 50 milhões de crianças são assassinadas pelo aborto. E a eutanásia, a família quebrada, a coabitação... Isso é tudo destruição! O Senhor declarou: ‘Que nenhum homem separe o que Deus uniu.’

“Hoje se fala muito de amor, mas verdadeiro não há nenhum. Precisamente em Fátima, Nossa Senhora disse à jovem Jacinta de sete anos: ‘O pecado que traz a maioria das almas para o inferno é o pecado da impureza’, o pecado da carne.

“Ela disse isso para uma garota, que nem sabia o que era! Devemos ouvir o que Nossa Senhora diz.”


Exorcista de Roma Pe. Amorth avisa: Nossa Senhora em Fátima pediu a consagração da Rússia e não foi atendida. Graves consequências.