Arquivo do blog

domingo, 1 de fevereiro de 2015

Católicos do do Mundo inteiro apelam ao Santo Padre preocupados com o próximo Sínodo


“Uma palavra de Vossa Santidade é a única forma de esclarecer a confusão crescente entre os fiéis”

Mensagem de Adolpho Lindenberg,
presidente do Instituto Plinio Corrêa de Oliveira

Dr. Adolpho Lindenberg - Conferência "Brasil e Portugal – muito mais que irmãos"
Dr. Adolpho Lindenberg
Caros Amigos,
Não é novidade para ninguém:
- o último Sinodo dos Bispos instalou a polêmica e a dúvida no seio da Igreja.
A grande mídia deleitou-se em abordar de forma inadequada temas como o chamado “casamento homossexual” e comunhão aos divorciados em segunda união, além de proclamar uma pretensa liberação geral que estaria nas conclusões do Sínodo.
Enquanto isso, católicos do mundo inteiro, perplexos, aguardavam uma palavra do Pastor, que permanecia em silêncio.
Orfãos dessa palavra, muitas ovelhas viram nesse silêncio o consentimento.
E agora todos temem pelo que acontecerá no próximo mês de outubro quando um novo Sínodo continuará a tratar desses mesmos temas.
Temor que nasce de uma revolução sexual de décadas promovida por uma aliança de organizações poderosas, forças políticas e os meios de comunicação que sempre trabalham contra a própria existência da família como a unidade básica da sociedade.
Entretanto:
  • A maioria dos católicos discorda da moral relativista de nossos dias que ensina a abominável “teoria de gênero” para crianças pequenas em muitos países.
  • A maioria dos católicos tem no Sexto Mandamento da Lei de Deus o farol que os ilumina nesse panorama ideológico sinistro.
  • A maioria dos católicos se sentem esmagados pela propaganda hedonista que quer destruir o modelo de família casta e fecunda ensinada pelo Evangelho, e de acordo com a lei natural.
  • A maioria dos católicos está angustiada com o que pode acontecer no próximo Sínodo, em função das informações até agora publicadas.
E muitos suplicam:

“Santidade, dizei uma só palavrae tudo ficará claro”.

Temos pouco tempo para agir.
O “lobby” homossexual está mobilizado, os teólogos da libertação já estão preparados para justificar qualquer dessas barbaridades. A grande mídia, sedenta, aguarda para desinformar a opinião pública, especialmente a católica.
Como então, eu e você, simples leigos, podemos fazer frente a essa guerra anti-cristã e anti-família?
Unindo-se a católicos do mundo inteiro na Filial Mensagem a Sua Santidade.
Nessa mensagem ao Papa Francisco manifestamos nosso desejo de que ele reafirme de modo categórico o ensinamento da Igreja segundo o qual os Católicos divorciados e civilmente recasados não podem receber a Sagrada Comunhão e de que uniões homossexuais são contrárias às leis divina e natural.
Conto com sua participação.
No longo caminho desse Calvário da Igreja, sua assinatura será como a ajuda do Cirineu, que aliviou Nosso Senhor ao carregar sua Cruz.
Rogando à Sagrada Família que abençoe nossa luta nestes dias turbulentos em que vivemos, despeço-me,
Em Jesus, Maria, José,
Adolpho Lindenberg
Presidente
PS – Veja aqui a lista das personalidades que já assinaram a Filial Mensagem e una-se a elas nessa moderna Cruzada do Século XXI.