Don Divo Barsotti

Arquivo do blog

sexta-feira, 2 de janeiro de 2009


Don Manuel Folgar num encontro com o Papa João Paulo II

A Fraternidade de Cristo Sacerdote e Maria Reina celebra hoje ,2 de Janeiro de 2009, Festa do Santíssimo Nome de Jesus, o seu 19º aniversário de Fundação .

Queremos unir-nos em acção de Graças a Deus e à Santíssima Virgem por todas as graças distribuídas a todos os seus membros e de modo especial naquele que é o seu Fundador, o Reverendo Don Manuel Folgar .

Auguramos frutos de santidade a todos os seus membros e crescimento naquele espírito de fidelidade ao Santo Padre Bento XVI em sermos apóstolos e promotores da Santa Missa Tridentina



Don Manuel Folgar
A Fraternidade de Cristo Sacerdote e Maria Reina é composta por religiosos, religiosas, leigos, consagrados e sacerdotes diocesanos que pretendem aprofundar na consciência e na vivência do sacerdócio comum que todos receberam no santo baptismo, pelo que procurem viver estreitamente unidos a Cristo Sacerdote que não cessa de oferecer -se por nós no altar, e à Virgem Co-redentora que é Nossa Mãe na ordem da graça.


Don Manuel Folgar
Conscientes de que pelo santo baptismo somos chamados a tomar parte no plano da Redenção, fazendo de toda a sua vida um acto de culto à glória de Deus, oferecem-se com Cristo ao Pai pelas mãos maternas de Maria.

O trabalho e as fadigas de cada dia adquirem um valor sobrenatural imenso se os unimos ao Sacrifício que Cristo oferece ao Pai diariamente sobre o altar através do ministério dos sacerdotes. Mediante a oblação e o oferecimento a nossa vida fica completamente orientada para Deus.



Don Manuel Folgar
Os nossos deveres diários, o trabalho, a vida familiar, as relações sociais, nossas lutas, esforços e dificuldades, as nossas alegrias, doenças e sofrimentos ... Tudo tem que ser orientado para a glória de Deus e, tudo isso, se o oferecemos unindo-nos a Cristo por meio de Maria, adquire um valor redentor para a salvação do mundo.

Na obra da Redenção na qual estão envolvidas as Três Pessoas da Santíssima Trindade, associando intimamente à sua obra Nossa Senhora, Mãe do Verbo encarnado e Co-redentora do mundo com uma missão única e singular.




Don Manuel Folgar
Mas , nós não fomos deixados de fora, porque somos chamados a ser cooperadores de Cristo na renovação do mundo, orientando-o novamente para a glória de Deus. Isto devemos fazê-lo " oferecendo-nos" juntamente com Cristo pelas mãos de Maria.
Então, nossa vida ver-se-á fecundada e enriquecida dum valor sobrenatural e divino.



Don Manuel Folgar
A Redenção, fruto do amor infinito de Deus, levou-se a cabo mediante a entrega e a doação de Deus aos homens. Em Jesus e Maria achamos a resposta ao amor do Pai: ambos se entregaram até ao "extremo". Isso mesmo também Deus espera de cada um de nós: uma resposta de amor e, portanto, uma entrega até ao extremo de quanto somos e temos. É a lógica do amor redentor.



Don Manuel Folgar
Este espírito de sacrifício e de identificação com Cristo Sacerdote e Vítima é requerido com um novo título a todos aqueles que receberam o sacramento da ordenação sacerdotal e cuja missão é precisamente completar a obra da Redenção realizada por Jesus, Sumo e eterno Sacerdote.

Fonte : Fraternidad Cristo Sacerdote e Maria Reina