Don Divo Barsotti

Arquivo do blog

terça-feira, 17 de fevereiro de 2009

NA ALEMANHA A REDE DE SACERDOTES CATÓLICOS APOIA O SANTO PADRE


Em vista da campanha excessiva contra o nosso Santo Padre, o Papa Bento XVI, relativamente ao levantamento da excomunhão de quatro bispos da Fraternidade São Pio X, a Rede de Sacerdotes Católicos explica a sua profunda comoção:

. devido às reacções tendenciosas, em parte, objectivamente incorrectas e em geral carregadas de agressão de grande parte da imprensa alemã.

• devido à atitude ambígua, acovardada e indiscreta de alguns representantes do episcopado alemão, que, em parte, critica abertamente o Papa.

• devido à intromissão presunçosa e insensível de políticos alemães em assuntos internos da Igreja, contrariando assim as leis mais primitivas da decência.

Aparentemente, as falhas indizíveis de um bispo da Fraternidade São Pio X constituem uma oportunidade bem-vinda para que a maioria de católicos, sacerdotes e leigos, rebaixem e questionem o Papa de maneira desmesurada.

Quando a imprensa constata a crise momentânea, segue-se daí que uma maioria de católicos não obedece mais ao Papa, assim, dizemos o contrário:

Os ataques de ódio contra o Papa Bento XVI mostram mais uma vez quão profundamente o nível do catolicismo decaiu na Alemanha.

Há que se pensar que faltem em nossos dias quase que completamente vozes que admoestem à reflexão e confiança na autoridade do Papa.

Ainda por cima era de se esperar que certos professores de faculdades teológicas aderissem a essas críticas, o que não precisa ser especificamente mencionado.

Envergonhados sobre a situação actual, mais uma vez prestamos a nossa solidariedade total e ilimitada ao Santo Padre.

Nós o agradecemos por seu compromisso incansável com relação à unidade da Igreja.

E asseguramos-lhe a nossa especial oração nessas horas difíceis, especialmente, na celebração do Santo Sacrifício da Missa.

Comunicado de Imprensa da ‘Rede de Sacerdotes Católicos’ assinado pelo Pe. Guido Rodheudt, Pe. Hendrick Jolie, Pe. Uwe Winkel