Arquivo do blog

sábado, 17 de outubro de 2015

Nasce novo blog: "BEATA ALEXANDRINA MARIA DA COSTA MÍSTICA DA MISSA GREGORIANA" comemorando o 60º aniversário da sua morte.







 



  Resultado de imagem para beata alexandrina e o sacrário



Jesus a Alexandrina:
«Tirei-te o alimento. Fiz, faço-te viver só de Mim. Sabes para quê, Minha filha? Para mais e mais luz. Para mais provar aos Homens o Meu poder, a Minha existência. Ai daqueles que não querem ver. Bem-aventurados os que veem e creem.»
(Sentimentos da Alma; 27/03/1953)


Jesus a Alexandrina:
«Alerta nos Meus Sacrários estou sozinho em tantos, tantos! Passam-se dias e dias que Me não visitam e não Me amam e não Me desagravam; quando lá vão é por um hábito, por uma obrigação. Sabes o que nunca lá deixa de cair? É aquela corrente de pecados e de horrendos crimes. São os atos de amor que Me mandam, é assim que Me consolam, é assim que Me desagravam, é assim que Me amam!»
(27/10/1934; Cartas ao Pe. Mariano Pinho; 01/11/1934)


Jesus a Alexandrina:
«Diz às almas que Me amam que vivam unidas a Mim durante o seu trabalho. Nas suas casas, seja de dia seja de noite, ajoelhem-se muitas vezes em espírito e de cabeça inclinada digam:
Jesus, eu Vos adoro em todo o lugar onde habitais sacramentado;
faço-Vos companhia pelos que Vos desprezam,
amo-Vos pelos que não Vos não amam;
desagravo-Vos pelos que Vos ofendem. Jesus, vinde ao meu coração!”
Estes momentos serão para Mim de grande alegria e consolação. Que crimes se cometem contra Mim na Eucaristia!»
(Sentimentos da Alma; 02/10/1948)


Alexandrina, relata uma visão:
«De dentro do Sacrário daquelas hóstias tão brancas saiam raios doirados e mais brilhantes que o sol, passaram por entre nós. Jesus, cheio de doçura, dizia-me; "Minha filha, mimo eucarístico, estou ali no Sacrário, naquela Hóstia pura em Corpo, Alma e Divindade, tal como estou aqui. Confia, Minha filha, e esposa querida. Fala ao mundo deste amor. Diz aos homens que se abeirem de Mim. Quero dar-Me a eles, muitas vezes, todos os dias, se for possível. Que venham com os seus corações puros, muito puros e sequiosos.»
(Sentimentos da Alma; 10/12/1954)

A 13 de OUTUBRO DE 2015 ,BALASAR CELEBROU A FESTA LITÚRGICA DA BEATA ALEXANDRINA comemorando o 60º aniversário da sua morte.

/imagens/noticias/2015/rsz_1img_0023.jpg
2015-10-14
Alexandrina, Apóstola da Misericórdia de Deus, foi o lema que orientou toda a celebração da festa litúrgica em honra da Beata Alexandrina, comemorando o 60º aniversário da sua morte.