http://4.bp.blogspot.com/_14vrv7ni7HM/TLYyK0PS85I/AAAAAAAABU8/h4xBT0R8kQU/s1600/20101013225550_D0064009.jpg

 

CONSERVAR O DEPÓSITO DA FÉ

 [ EN  - ES  - FR  - IT  - LA  - PT ]

CARTA ENCÍCLICA
PASCENDI DOMINICI GREGIS
DO SUMO PONTÍFICE
PIO XAOS PATRIARCAS, PRIMAZES,
ARCEBISPOS, BISPOS
E OUTROS ORDINÁRIOS EM PAZ
E COMUNHÃO COM A SÉ APOSTÓLICA
SOBRE
AS DOUTRINAS MODERNISTAS

Veneráveis Irmãos,
saúde e bênção apostólica
INTRODUÇÃO
A missão, que nos foi divinamente confiada, de apascentar o rebanho do Senhor, entre os principais deveres impostos por Cristo, conta o de guardar com todo o desvelo o depósito da fé transmitida aos Santos, repudiando as profanas novidades de palavras e as oposições de uma ciência enganadora. E, na verdade, esta providência do Supremo Pastor foi em todo o tempo necessária à Igreja Católica; porquanto, devido ao inimigo do gênero humano nunca faltaram homens de perverso dizer (At 20,30), vaníloquos e sedutores (Tit 1,10), que caídos eles em erro arrastam os mais ao erro (2 Tim 3,13). Contudo, há mister confessar que nestes últimos tempos cresceu sobremaneira o número dos inimigos da Cruz de Cristo, os quais, com artifícios de todo ardilosos, se esforçam por baldar a virtude vivificante da Igreja e solapar pelos alicerces, se dado lhes fosse, o mesmo reino de Jesus Cristo. Por isto já não Nos é lícito calar para não parecer faltarmos ao Nosso santíssimo dever, e para que se Nos não acuse de descuido de nossa obrigação, a benignidade de que, na esperança de melhores disposições, até agora usamos.
E o que exige que sem demora falemos, é antes de tudo que os fautores do êrro já não devem ser procurados entre inimigos declarados; mas, o que é muito para sentir e recear, se ocultam no próprio seio da Igreja, tornando-se destarte tanto mais nocivos quanto menos percebidos.  LER...
 [ EN  - ES  - FR  - IT  - LA  - PT ]

CARTA ENCÍCLICA
PASCENDI DOMINICI GREGIS
DO SUMO PONTÍFICE
PIO XAOS PATRIARCAS, PRIMAZES,
ARCEBISPOS, BISPOS
E OUTROS ORDINÁRIOS EM PAZ
E COMUNHÃO COM A SÉ APOSTÓLICA
SOBRE
AS DOUTRINAS MODERNISTAS

Veneráveis Irmãos,
saúde e bênção apostólica
INTRODUÇÃO
A missão, que nos foi divinamente confiada, de apascentar o rebanho do Senhor, entre os principais deveres impostos por Cristo, conta o de guardar com todo o desvelo o depósito da fé transmitida aos Santos, repudiando as profanas novidades de palavras e as oposições de uma ciência enganadora. E, na verdade, esta providência do Supremo Pastor foi em todo o tempo necessária à Igreja Católica; porquanto, devido ao inimigo do gênero humano nunca faltaram homens de perverso dizer (At 20,30), vaníloquos e sedutores (Tit 1,10), que caídos eles em erro arrastam os mais ao erro (2 Tim 3,13). Contudo, há mister confessar que nestes últimos tempos cresceu sobremaneira o número dos inimigos da Cruz de Cristo, os quais, com artifícios de todo ardilosos, se esforçam por baldar a virtude vivificante da Igreja e solapar pelos alicerces, se dado lhes fosse, o mesmo reino de Jesus Cristo. Por isto já não Nos é lícito calar para não parecer faltarmos ao Nosso santíssimo dever, e para que se Nos não acuse de descuido de nossa obrigação, a benignidade de que, na esperança de melhores disposições, até agora usamos.
E o que exige que sem demora falemos, é antes de tudo que os fautores do êrro já não devem ser procurados entre inimigos declarados; mas, o que é muito para sentir e recear, se ocultam no próprio seio da Igreja, tornando-se destarte tanto mais nocivos quanto menos percebidos.  LER...

Arquivo do blog

segunda-feira, 23 de novembro de 2015

The Feast of Christ the King

CHRIST THE KING TEXTURIZED
BANNER

~The Feast of Christ the King~
"That in the name of Jesus every knee should bow, of those
that are in Heaven,
on earth and under the earth:
And that every tongue should confess that
the Lord Jesus Christ
is in the glory of God the Father."

Philippians 2:10-11
Christ Himself speaks of His Own kingly authority [see link for Bible Citations]: in His last discourse, speaking of the rewards and punishments that will be the eternal lot of the just and the damned; in His reply to the Roman magistrate, who asked Him publicly whether He were a king or not; after His resurrection, when giving to His Apostles the mission of teaching and Baptizing all nations, He took the opportunity to call Himself king, confirming the title publicly, and solemnly proclaimed that all power was given Him in Heaven and on earth. These words can only be taken to indicate the greatness of his power, the infinite extent of His kingdom. What wonder, then, that He Whom St. John calls the "prince of the kings of the earth" appears in the Apostle's vision of the future as He Who "hath on His garment and on His thigh written 'King of kings and Lord of lords!'." It is Christ Whom the Father "hath appointed heir of all things"; "for He must reign until at the end of the world He hath put all his enemies under the feet of God and the Father."

It was surely right, then, in view of the common teaching of the sacred books, that the Catholic Church, which is the kingdom of Christ on earth, destined to be spread among all men and all nations, should with every token of veneration salute her Author and Founder in her annual liturgy as King and Lord, and as King of Kings. And, in fact, she used these titles, giving expression with wonderful variety of language to one and the same concept, both in ancient psalmody and in the Sacramentaries.

Pope Pius XI, Encyclical Letter, QUAS PRIMAS, #11-12

THIS DIRECTORY------FROM THE CHRIST THE KING DIRECTORY--------FROM LITANIES
THIS DIRECTORY:
The Feast of Christ the King: From the ROMAN MISSAL
Recognition of the Reign of Christ
Novena to Christ the King
Citations on Christ's Kingship from Scripture
Christ, in Highest Heaven Enthroned: Hymn and Midi
View a Russian Icon of Christ the King


FROM THE CHRIST THE KING DIRECTORY:
Prayer to Christ the King
Hail Christ
O Jesus, King Most Wonderful
Thy Kingdom Come
The Kingship of Christ
The Reign of Christ the King--------Encyclicals on Christ the King




FROM THE LITANIES DIRECTORY:
The Litany of the Holy Name of Jesus
The Litany of Christ the KingThe Litany of Divine ProvidenceThe Litany in Honor of Jesus, King of All Nations
The Litany of the Mercy of God
The Litany of the Love of God