http://4.bp.blogspot.com/_14vrv7ni7HM/TLYyK0PS85I/AAAAAAAABU8/h4xBT0R8kQU/s1600/20101013225550_D0064009.jpg
ABADIA DE NOSSA SENHORA DE FONTGOMBAULT  CELEBRA TODA A LITURGIA  NA REFORMA DO MISSAL FEITA POR SÃO JOÃO XXIII
EM 1962 E LIBERALIZADA POR SUA SANTIDADE BENTO XVI EM 7/7/2007 COM O MOTU PRÓPRIO "SUMMORUM PONTIFICUM".
ACTUALMENTE A COMUNIDADE CONTA COM CERCA DE 60 MONJES E FUNDOU MAIS OUTRAS 5 ABADIAS DE QUE ELA É A CASA-MÃE,
TODAS REZAM O BREVIÁRIO MONÁSTICO EM LATIM E A A SANTA MISSA É SEMPRE CELEBRADA NA FORMA EXTRAORDINÁRIA EM
FORMA SOLENE E CANTADA EM GREGORIANO.


  

Arquivo do blog

domingo, 13 de dezembro de 2015

Beata Elena Guerra e seus escritos sobre a devoção ao Espírito Santo

alt

Orações da Beata Elena Guerra
1Beata Elena Guerra "Apóstola do Espírito Santo"
2Para pedir a intercessão da Beata Elena Guerra
3Veni creator Spiritus
4Ato de união
5Consagração ao Espírito Santo
6Crisma Espiritual
7Oferta diária ao Espírito Santo
8Que tudo em mim seja amor...
9Oração ao Espírito por intercessão de Elena Guerra

Veni Spiritus


  • Conheça um pouco da história da Beata Elena Guerra
  • Padre Eduardo Braga fala sobre a Beata Elena Guerra
  • As 3 maneiras do Espirito santo agir ( papa na terra santa)
  • “A Santa Lei da Gravidade na Trindade”
  • « InícioAnterior123456789PróximoFim »

    Índice do Artigo
    Carta Encíclica DIVINUM ILLUD MUNUS DO SUMO PONTÍFICE LEÃO XIII SOBRE A PRESENÇA E VIRTUDE ADMIRÁVEL DO ESPÍRITO SANTO
    Introdução
    O Mistério da Trindade
    Apropriações
    O Espírito Santo e Jesus Cristo
    O Espírito Santo e a Igreja
    Nas almas
    No Antigo e no Novo Testamento
    Nos Sacramentos
    Na habitação
    Nos sete dons e nos frutos
    Exortações
    Não o entristeçamos
    Peçamos o Espírito Santo
    Novena do Espírito Santo
    O Espírito Santo e a Virgem Maria
    Notas
    Todas as Páginas


     
     A resposta de Leão XIII à Beata Elena Guerra


    As cartas de Elena Guerra a Leão XVII obtêm êxito positivo.
    De fato, à primeira, Leão XIII responde emitindo para toda a Igreja o Breve Provvida Matris Charitate (5 de maio de 1895) com o qual se torna obrigatória  a celebração solene da Novena de Pentecoste.
    À terceira carta de Elena, o Pontífice responde com a publicação da Encíclica Divinum Illud Múnus (9 de maio de 1897), que é o documento pontifício doutrinal mais rico sobre o Espírito Santo.
    À nona carta de Elena, tem seguimento ainda a Carta do Papa Ad Fovendum in Christiano Populo (18 de abril de 1902), dirigida aos Bispos, aos quais Leão XIII recorda obrigatoriedade da precedente Encíclica.




    Breve “PROVIDA MATRIS CHARITATE”

    5 de Maio de 1895

    Do Papa Leão XIII a todos os fiéis, Saudações e Bênção Apostólica


    Digno de previdente caridade materna é o voto que a Igreja não cessa jamais de apresentar a Deus, para que o povo cristão, onde se encontre, seja uma a fé nas mentes e uma a piedade nas obras.
    Também nós, que fazemos às vezes do Divino Pastor na Terra, e nos esforçamos para seguir suas pegadas, não temos deixado de modo algum negligenciado entre os católicos este programa; e agora, mais do que nunca, entendemos que é a hora de promovê-lo junto aos povos que a Igreja há algum tempo convida a Si.
    São sempre mais claras e evidentes os nossos cuidados e solicitudes, com os quais começamos e agora esperamos o cumprimento: Aquele, que nós conhecemos como “Pai das Misericórdias”, cuja obra é iluminar e guiar suavemente à salvação.
    Não fugirá, certamente aos católicos, a gravidade e a importância do nosso empenho, do qual dependem além da honra divina, a glória do nome cristão e a eterna salvação de muitos. Se os católicos quiserem ponderar com o devido sentido religioso, não poderão deixar de advertir a si mesmos com forte estímulo e  chama de caridade suprema, que por amor de Deus, não volta atrás, e tudo faz para a vantagem dos seus irmãos. Realiza-se assim o que nós ardentemente desejamos: que se unam a nós não somente na confiança de um êxito feliz, mas também no oferecimento de uma possível busca de ajuda, aquela ajuda que provém de Deus, mediante uma humilde e santa oração.
    A esta tarefa espiritual, nenhum tempo nos parece mais oportuno do que aquele no qual os Apóstolos, depois da ascensão  do Senhor ao céu, recolheram-se e juntos perseveraram unânimes em oração com Maria, Mãe de Jesus, a espera da Força prometida do Alto e dos Dons dos Carismas. 
    Naquele augusto Cenáculo, e para o mistério do Paráclito na Igreja, já então concebida por Cristo, nascida com a sua Morte e impulsionada por um sopro de vida, iniciou-se a feliz missão entre todas as gentes, a fim de conduzir à mesma fé e à mesma novidade da vida cristã. Em breve tempo, seguiram-se grandes e insignes frutos, entre os quais aquela humana unidade recordada pela Sagrada Escritura: “A multidão dos crentes eram um só coração e uma só alma”.
    Impulsionados por esta consideração, pensamos em convidar, com a nossa presente Exortação, a piedade dos católicos, para que a exemplo da Virgem Maria e dos Santos Apóstolos, na iminente Novena de Pentecostes em preparação,  dirijamo-nos concordes e com particular fervor a Deus, insistindo naquela oração: “Manda Senhor, o teu Espírito criador, e renovará a face da Terra”. “Emitte Spiritum tuum et creabuntur: et renovabis faciem terrae”.
    Nós esperamos muitos e grandes dons Daquele que é o Espírito da Verdade; revelador dos divinos mistérios, segundo a Sagrada Escritura, que conforta a Igreja com a sua contínua presença e da qual, como fonte viva de santidade, regenera as almas para a divina adoção de filhos, crescendo admiravelmente e aperfeiçoando em vista da eternidade. De fato, da graça múltipla do Espírito Santo, fluem continuamente luz e ardor, remédio e fortaleza, consolação e repouso, vontade de bem e fecundidade no bem fazer.
    Enfim, o mesmo Espírito Santo, com a sua força, opera na Igreja. De fato, como neste Corpo místico, a Cabeça é Cristo, assim o Espírito, com oportuna imagem, se pode dizer que é Coração. O coração tem uma profunda influência e por isso, o Espírito Santo vem comparado ao coração, pelo fato de vivificar e unir invisivelmente a Igreja.
    Ora, dado que Ele é o Amor Subsistente e lhe vêm atribuídas todas as obras de amor, temos muito que esperar com a sua intervenção diante dos espíritos do erro e da maldade no sentido de neutralizá-los. Que a união das almas torne-se mais íntima e se conserve por mais tempo para os filhos da Igreja, que segundo a exortação do apóstolo, não devem agir por contenda, mas precisam ter um mesmo sentimento e viver unânimes em  autêntico vínculo de caridade5. Só assim veremos mais sólidas e florescentes nossas comunidades e estas constituirão nossa alegria.
    Desta exemplar concórdia entre os Católicos, deste religioso empenho de oração ao Divino Paráclito, podemos esperar muito a reconciliação dos irmãos separados, da qual temos cuidado particularmente, para que também eles tenham os mesmos sentimentos de Cristo Jesus, participando conosco um dia da mesma fé e esperança, estreitamente ligados pelo vínculo dulcíssimo da perfeita caridade.
    Além das vantagens que certamente por esta piedade os fiéis receberão de Deus, àqueles que responderão com plena disponibilidade as nossas exortações, gostaríamos de acrescentar do tesouro da Igreja, o prêmio das sagradas indulgências.
    Portanto, aos fiéis que por nove dias consecutivos, antes de Pentecostes, cada dia dirigirem, seja em público, seja em privado, particulares orações ao Espírito Santo, concedemos para cada dia uma indulgência de sete anos, e para todos os outros dias, quarenta anos. Indulgência plenária uma só vez em um dos sete dias, no dia mesmo de Pentecostes ou em um dos oito dias sucessivos, para os que, confessados, comungarem segundo as nossas intenções. Além disto, concedemos ainda, a quem rezar novamente nas mesmas condições nos oito dias depois de Pentecostes, que possam lucrar as mesmas indulgências. Tais indulgências, aplicáveis por sufrágio das almas santas do Purgatório, são válidas também para os anos futuros, salvo prescrições em contrário de costume e de direito.

    Dado em Roma, junto a São Pedro, sob o anel do Pescador, no dia 15 de Maio de 1895, 18° do nosso Pontificado.   

    Leão XIII




    Carta aos Bispos “Ad fovendum in Christiano Populo”

    Reverendíssimo Senhor,

    Com a intenção de promover no povo cristão, o culto ao Divino Espírito, Sua Santidade, o Papa Leão XIII, no dia 9 de Maio de 1897, enviava aos Bispos, como é conhecido por todos, a Encíclica “Divinum illud múnus”, plena de zelo apostólico e de sabedoria.
    Em tal documento, o Santo Padre, muito oportunamente tratava de diversas coisas sobre o mistério da Santíssima Trindade e especialmente sobre a presença e a força do Espírito Santo. Exortava, portanto, o Clero, especialmente os pregadores, e de modo particular, àqueles que possuem o cuidado pelas almas, para que transmitissem ao povo, com maior diligência e amplidão possível, a doutrina sobre o Espírito Santo.
    Quanto mais vem estimulada e revigorada a fé no Espírito Santo, tanto mais facilmente os cristãos se habituam a amar com mais ardor e a invocar com mais intensidade o Paráclito, Dom Altíssimo de Deus.
    Aproximando-se da Solenidade de Pentecostes, o mesmo Sumo Pontífice na mesma Carta, decretava e ordenava que em todas as Paróquias católicas se publicassem orações em todo tempo da Novena, e se os Ordinários locais, achassem oportuno, também nas outras Igrejas e Oratórios.
    Além disso, foram concedidas pelo tesouro da Igreja, muitos benefícios e indulgências perpétuas, que poderão ser ainda lucradas pelos fiéis durante a Oitava da Festa.
    A Sua Santidade deseja ainda que tudo o que exortou e foi emanado, produza sempre com a colaboração diligente do Clero, vivos e abundantes frutos para maior glória do Divino Paráclito!
    Portanto, para este objetivo, te envio a cópia da mesma Encíclica, por mandato do Beatíssimo Pai, também porque concluímos que muitos interpretaram que o Decreto sobre a Novena fosse somente referido ao Ano de 1897, enquanto agora, queremos sublinhar que o que está escrito na Encíclica acima nomeada, tem um valor perpétuo, seja para a oração, seja para as Indulgências.
    O Sumo Pontífice recomenda calorosamente a Novena, tanto mais porque se trata de um fim de extremo interesse, a saber, para que possa maturar o bem da unidade cristã, para a qual solicita o Santo Padre e que por isto recomenda esta oração.
    Disto, eu fui encarregado para fazer tal comunicação, da parte do augusto Pontífice.
    O Santo Padre possui confiança na rapidez dos Bispos e na colaboração ativa do Clero, com a ajuda de Deus.
    Desejo a vossa excelência os melhores augúrios de todo o coração.

    Roma, Da secretaria da Congregação dos Ritos.
    18 de Abril de 1902.

    Leão XIII

     
     http://www.elenaguerra.org/



Livros católicos

Ebook cattolici

Bibbia, Vangeli, Catechismo della Chiesa Cattolica, Storia della Chiesa

Dizionari

Preghiera

Classici Cristiani

  • L'imitazione di Cristo di Tommaso da KempisEPUB MOBI HTML
  • L'imitazione di Maria di Edoardo CiccodicolaEPUB MOBI HTML
  • Trattato della vera devozione a Maria di San Luigi Maria Grignion de MontfortEPUB MOBI HTML
  • Il segreto ammirabile del Santo Rosario di San Luigi Maria Grignion de MontfortEPUB MOBI HTML
  • Il grande segreto per diventare santi di San Luigi Maria Grignion de MontfortEPUB MOBI HTML
  • Le Glorie di Maria di Sant'Alfonso Maria de LiguoriEPUB MOBI HTML
  • Del Gran mezzo della preghiera di Sant'Alfonso Maria de LiguoriEPUB MOBI HTML
  • La necessità della preghiera di Sant'Alfonso Maria de LiguoriEPUB MOBI HTML
  • I racconti di un pellegrino russoEPUB MOBI HTML
  • Filotea di San Giovanni di SalesEPUB MOBI HTML
  • I fioretti di San FrancescoEPUB MOBI HTML
  • Storia di un anima di Santa Teresa di LisieuxEPUB MOBI HTML
  • Esercizi Spirituali di Sant'IgnazioEPUB MOBI HTML
  • Trattato della vita spirituale di San Vincenzo FerreriEPUB MOBI HTML
  • Il castello interiore di Santa Teresa d'AvilaEPUB MOBI HTML
  • La nuvoletta del Carmelo di San Giovanni BoscoEPUB MOBI HTML
  • Maria Ausiliatrice col racconto di alcune grazie di San Giovanni BoscoEPUB MOBI HTML
  • Maraviglie della Madre di Dio di San Giovanni BoscoEPUB MOBI HTML
  • Specchio (o salutazione) della Beata Vergine Maria di Corrado da SassoniaEPUB MOBI HTML
  • E' Gesù che passa di San Josemaría Escrivá de BalaguerEPUB MOBI HTML
  • Opera Omnia - San Francesco d'AssisiEPUB MOBI HTML
  • Opera Omnia - Santa Chiara d'AssisiEPUB MOBI HTML
  • Meditazioni della Beata Madre Teresa di CalcuttaEPUB MOBI HTML
  • Madre Mia quanto sei bellaEPUB MOBI HTML
  • Con Maria la vita è bellaEPUB MOBI HTML
  • Con Maria verso GesùEPUB MOBI HTML
  • Il mio ideale Gesù figlio di Maria di p. Emilio NeubertEPUB MOBI HTML
  • L'anticristo di Vladimir Sergeevic SolovievEPUB MOBI HTML
  • Salita del Monte Carmelo di San Giovanni della CroceEPUB MOBI HTML
  • Maria e la sua armataEPUB MOBI HTML

Biografie di santi, Visioni, Profezie, Rivelazioni

  • La Misericordia Divina nella mia anima - Diario di Santa suor Faustina KowalskaEPUB MOBI HTML
  • L'Araldo del Divino Amore di Santa Gertrude di HelftaEPUB MOBI HTML
  • La vita di Maria della Beata Anna Caterina EmmerickEPUB MOBI HTML
  • La Passione di Nostro Signore della Beata Anna Caterina EmmerickEPUB MOBI HTML
  • Le visioni della Beata Anna Caterina EmmerickEPUB MOBI HTML
  • La Mistica Città di Dio di Suor Maria d'AgredaEPUB MOBI HTML
  • I sogni di San Giovanni BoscoEPUB MOBI HTML
  • Vita di Santa Margherita Maria Alacoque (scritta da lei stessa)EPUB MOBI HTML
  • I primi nove venerdì del mese - la grande promessaEPUB MOBI HTML
  • Diario di Santa Gemma GalganiEPUB MOBI HTML
  • Il diario della Beata Elisabetta Canori MoraEPUB MOBI HTML
  • Il diario mistico di Camilla BraviEPUB MOBI HTML
  • Diario di Louise Marguerite Claret De La ToucheEPUB MOBI HTML
  • Il libro della Grazia speciale - Rivelazioni di Santa Metilde di HackebornEPUB MOBI HTML
  • Le Rivelazioni di Santa Brigida di SveziaEPUB MOBI HTML
  • Amore per amore: diario di Suor Maria Costanza del Sacro CostatoEPUB MOBI HTML
  • Beata Marietta RubattoEPUB MOBI HTML
  • Beato Bartolo LongoEPUB MOBI HTML
  • Colui che parla dal fuoco - Suor Josefa MenendezEPUB MOBI HTML
  • Così lontani, così vicini - Gli angeli nella vita di Santa Gemma GalganiEPUB MOBI HTML
  • Cristo Gesù nella Beata Alexandrina da BalasarEPUB MOBI HTML
  • Il mistero del Sangue di Cristo - Suor Maria Antonietta PrevedelloEPUB MOBI HTML
  • Santa Gertrude Di Helfta di don Giuseppe TomaselliEPUB MOBI HTML
  • Vita della Serva di Dio Edvige CarboniEPUB MOBI HTML
  • Diario di Edvige CarboniEPUB MOBI HTML
  • Rimanete nel mio amore - Suor Benigna Consolata FerreroEPUB MOBI HTML
  • Il Sacro Cuore e il Sacerdozio. Biografia di Madre Luisa Margherita Claret de la ToucheEPUB MOBI HTML
  • Figlia del dolore Madre di amore - Alexandrina Maria da CostaEPUB MOBI HTML
  • Il piccolo nulla - Vita della Beata Maria di Gesu CrocifissoEPUB MOBI HTML
  • Beata Anna Schaffer: Il misterioso quaderno dei sogniEPUB MOBI HTML
  • Beata Chiara bosattaEPUB MOBI HTML
  • Beata Maria Candida dell'EucaristiaEPUB MOBI HTML
  • Fratel Ettore BoschiniEPUB MOBI HTML
  • Il cuore di Gesù al mondo di Suor Maria Consolata BetroneEPUB MOBI HTML
  • Madre Giuseppina BakhitaEPUB MOBI HTML
  • Beata Maria di Gesù Deluil-MartinyEPUB MOBI HTML
  • Serva di Dio Luigina SinapiEPUB MOBI HTML
  • Marie-Julie JahennyEPUB MOBI HTML
  • Marie Le ValleesEPUB MOBI HTML
  • I SS. Cuori di Gesù e di Maria. La salvezza del mondo, le loro apparizioni, promesse e richiesteEPUB MOBI HTML
  • La testimonianza di Gloria PoloEPUB MOBI HTML
  • Chiara Luce BadanoEPUB MOBI HTML
  • Madre Carolina VenturellaEPUB MOBI HTML
  • Madre SperanzaEPUB MOBI HTML

Novissimi

Patristica

  • Scritti dei primi cristiani (Didachè, Lettera a Diogneto, Papia di Gerapoli)EPUB MOBI HTML
  • I padri apostolici (S.Clemente Romano,S.Ignazio di Antiochia,Il Pastore d'Erma, S.Policarpo di Smirne)EPUB MOBI HTML
  • I padri della chiesa: Scritti di Sant'AgostinoEPUB MOBI HTML
  • I padri della chiesa: Sant'Agostino, la città di DioEPUB MOBI HTML
  • I padri della chiesa: Sant'Agostino, le confessioniEPUB MOBI HTML
  • I padri della chiesa: Clemente Alessandrino,Sant'Ambrogio, Sant'Anselmo, San Benedetto,San Cirillo di GerusalemmeEPUB MOBI HTML
  • I padri della chiesa: San Giustino, San Leone Magno, Origene, Cirillo d'Alessandria, San Basilio, Atenagora di Atene, Rufino di Aquileia,Guigo il CertosinoEPUB MOBI HTML
  • I padri della chiesa: San Giovanni CrisostomoEPUB MOBI HTML
  • I padri della chiesa: San Gregorio di NissaEPUB MOBI HTML
  • I padri della chiesa: Quinto Settimio Fiorente TertullianoEPUB MOBI HTML
  • I padri del deserto: Evagrio Pontico, Sant'Antonio AbateEPUB MOBI HTML
  • I padri esicasti : La preghiera del Cuore,Gregorio il sinaita,Niceforo il solitario, San Barsanufio e Giovanni, Pseudo MacarioEPUB MOBI HTML

Sacramenti e vita cristiana

Altri libri

  • La Divina Commedia (Inferno, Purgatorio, Paradiso) di Dante AlighieriEPUB MOBI HTML
  • La storia d'Italia di San Giovanni BoscoEPUB MOBI HTML
  • I testimoni di Geova di Don Vigilio Covi