http://4.bp.blogspot.com/_14vrv7ni7HM/TLYyK0PS85I/AAAAAAAABU8/h4xBT0R8kQU/s1600/20101013225550_D0064009.jpg

 

CONSERVAR O DEPÓSITO DA FÉ

 [ EN  - ES  - FR  - IT  - LA  - PT ]

CARTA ENCÍCLICA
PASCENDI DOMINICI GREGIS
DO SUMO PONTÍFICE
PIO XAOS PATRIARCAS, PRIMAZES,
ARCEBISPOS, BISPOS
E OUTROS ORDINÁRIOS EM PAZ
E COMUNHÃO COM A SÉ APOSTÓLICA
SOBRE
AS DOUTRINAS MODERNISTAS

Veneráveis Irmãos,
saúde e bênção apostólica
INTRODUÇÃO
A missão, que nos foi divinamente confiada, de apascentar o rebanho do Senhor, entre os principais deveres impostos por Cristo, conta o de guardar com todo o desvelo o depósito da fé transmitida aos Santos, repudiando as profanas novidades de palavras e as oposições de uma ciência enganadora. E, na verdade, esta providência do Supremo Pastor foi em todo o tempo necessária à Igreja Católica; porquanto, devido ao inimigo do gênero humano nunca faltaram homens de perverso dizer (At 20,30), vaníloquos e sedutores (Tit 1,10), que caídos eles em erro arrastam os mais ao erro (2 Tim 3,13). Contudo, há mister confessar que nestes últimos tempos cresceu sobremaneira o número dos inimigos da Cruz de Cristo, os quais, com artifícios de todo ardilosos, se esforçam por baldar a virtude vivificante da Igreja e solapar pelos alicerces, se dado lhes fosse, o mesmo reino de Jesus Cristo. Por isto já não Nos é lícito calar para não parecer faltarmos ao Nosso santíssimo dever, e para que se Nos não acuse de descuido de nossa obrigação, a benignidade de que, na esperança de melhores disposições, até agora usamos.
E o que exige que sem demora falemos, é antes de tudo que os fautores do êrro já não devem ser procurados entre inimigos declarados; mas, o que é muito para sentir e recear, se ocultam no próprio seio da Igreja, tornando-se destarte tanto mais nocivos quanto menos percebidos.  LER...
 [ EN  - ES  - FR  - IT  - LA  - PT ]

CARTA ENCÍCLICA
PASCENDI DOMINICI GREGIS
DO SUMO PONTÍFICE
PIO XAOS PATRIARCAS, PRIMAZES,
ARCEBISPOS, BISPOS
E OUTROS ORDINÁRIOS EM PAZ
E COMUNHÃO COM A SÉ APOSTÓLICA
SOBRE
AS DOUTRINAS MODERNISTAS

Veneráveis Irmãos,
saúde e bênção apostólica
INTRODUÇÃO
A missão, que nos foi divinamente confiada, de apascentar o rebanho do Senhor, entre os principais deveres impostos por Cristo, conta o de guardar com todo o desvelo o depósito da fé transmitida aos Santos, repudiando as profanas novidades de palavras e as oposições de uma ciência enganadora. E, na verdade, esta providência do Supremo Pastor foi em todo o tempo necessária à Igreja Católica; porquanto, devido ao inimigo do gênero humano nunca faltaram homens de perverso dizer (At 20,30), vaníloquos e sedutores (Tit 1,10), que caídos eles em erro arrastam os mais ao erro (2 Tim 3,13). Contudo, há mister confessar que nestes últimos tempos cresceu sobremaneira o número dos inimigos da Cruz de Cristo, os quais, com artifícios de todo ardilosos, se esforçam por baldar a virtude vivificante da Igreja e solapar pelos alicerces, se dado lhes fosse, o mesmo reino de Jesus Cristo. Por isto já não Nos é lícito calar para não parecer faltarmos ao Nosso santíssimo dever, e para que se Nos não acuse de descuido de nossa obrigação, a benignidade de que, na esperança de melhores disposições, até agora usamos.
E o que exige que sem demora falemos, é antes de tudo que os fautores do êrro já não devem ser procurados entre inimigos declarados; mas, o que é muito para sentir e recear, se ocultam no próprio seio da Igreja, tornando-se destarte tanto mais nocivos quanto menos percebidos.  LER...

Arquivo do blog

quarta-feira, 8 de abril de 2015

Cardeal Burke diz que a confusão está se disseminando entre os católicos “de uma maneira alarmante”.


Cardeal Burke diz que a confusão está se disseminando entre os católicos “de uma maneira alarmante”.

O Cardeal Raymond Burke conversou em Roma, no dia 21 de janeiro, com Jeanne Smits, correspondente em Paris do LifeSiteNews. Estamos apresentando a entrevista junto com um artigo (disponível aqui), que destaca alguns dos pontos de vista mais importantes do cardeal. Smits também publicou uma versão da entrevista em francês em seu blog.

Cardeal Raymond Burke conversa com Jeanne Smits, correspondente de Paris da LifeSiteNews, em Roma. Olivier Figueras / LifeSiteNews.
Por Jeanne Smits – Life Site News | Tradução: Teresa M. Freixinho – Fratres in Unum.com
LifeSiteNews: Desde o sínodo extraordinário sobre a família, entramos em um período de incerteza e confusão a respeito de vários temas polêmicos: comunhão para casais divorciados e “recasados”, uma mudança de atitude em relação às uniões homossexuais e um aparente relaxamento de postura em relação a casais não casados. Vossa Eminência acha que essa confusão já está produzindo efeitos adversos entre os católicos?
Cardeal Burke: Sim, certamente. Eu mesmo ouço essas coisas. Ouço essa confusão tanto de católicos leigos quanto de bispos. Agora, por exemplo, as pessoas estão afirmando que a Igreja mudou a sua doutrina a respeito das relações sexuais fora do casamento no que diz respeito ao mal intrínseco dos atos homossexuais. Ou pessoas que vivem em uniões matrimoniais irregulares estão exigindo a recepção da Sagrada Comunhão, alegando que essa é a vontade do Santo Padre. E temos situações espantosas, como as declarações do bispo de Antuérpia a respeito dos atos homossexuais, que ainda não foram corrigidas. Assim, podemos perceber que essa confusão está efetivamente se disseminando de maneira alarmante.LER...
http://fratresinunum.com/