http://4.bp.blogspot.com/_14vrv7ni7HM/TLYyK0PS85I/AAAAAAAABU8/h4xBT0R8kQU/s1600/20101013225550_D0064009.jpg

 

Arquivo do blog

quinta-feira, 30 de junho de 2011

"Nobel" da Teologia para González de Cardedal, Maximilian Heim e Manlio Simonetti

 

O “Nobel” da Teologia, como já chamam ao Prémio Ratzinger, foi ontem foi ontem atribuído ao padre espanhol Olegario González de Cardedal, ao monge alemão Maximilian Heim e ao leigo italiano Manlio Simonetti.



Dos três só conhecia o primeiro, Olegario González de Cardedalque há dois ou três meses deu uma entrevista dizendo que Ratzinger não está certamente entre os quatro ou cinco maiores teólogos. Claro que não dizia só isso. Espero recuperar a entrevista para aqui ainda hoje.

A agência Ecclesia diz dos premiados que Manlio Simonetti, 85 anos, é especialista em literatura cristã antiga e patrística, Olegario González de Cardedal, 77 anos, é professor de dogmática na Universidade de Salamanca, Maximilian Heim, professor, 50 anos, ensina teologia fundamental e dogmática, centrado no ensinamento de Joseph Ratzinger.


Manlio Simonetti é professor na Sapienza (a célebre universidade romana onde alguns alunos e professores não deixaram que Bento XVI falasse da Fé e Razão). Ver aqui.


Maximilian Heim é cistercience, abade do mosteiro de Heiligenkreuz, na Áustria. Há uma página sobre ele no Facebook, aqui.

O prémio (inclui um cheque de 87 mil dólares) vai ser entregue no dia 30 de Junho pelo Papa Bento XVI. Sobre o prémio, as intervenções do dia 14 e o currículo dos premiados, ver aqui.