Don Divo Barsotti

Arquivo do blog

quarta-feira, 6 de maio de 2009

Bento XVI fala de São João Damasceno e pede aos jovens que sigam o exemplo de Maria que cumpriu a vontade de Deus


Na catequese da audiência geral desta Quarta-feira, na Praça de S.Pedro Bento XVI falou de São João Damasceno, figura da teologia Bizantina, que deixou uma “promissora carreira para entrar na vida monástica”. Está entre os primeiros que distinguem “a adoração, prestada a Cristo, da veneração, própria a uma imagem”, indicou o Papa.
A madeira da cruz, o livro, o altar do sacrifício, “foram usados por Deus para nos falar de salvação. Servem como sinais e sacramentos do encontro com Deus. Quando participamos nos sacramentos, quando veneramos os ícones, se o fazemos com fé, tornamo-nos meios de graça”, afirmou.
Bento XVI sublinhou que apesar dos pecados humanos, “Deus escolheu habitar nos homens e mulheres, tornando-os santos, partilhando a sua infinita bondade e santidade. Devemos abrir o nosso coração a essa alegria”.
Na primeira audiência do mês dedicado a Maria, o Papa pediu aos jovens para seguirem o exemplo de Maria que “cumpriu a vontade de Deus”. Aos doentes indicou que a imagem de Maria “vos ajudará a perceber,
com fé, o mistério da dor, acolhendo o valor salvífico expresso na cruz”.
Esta a saudação do Papa ao numeroso grupo de portugueses e brasileiros presente na Audiência na Praça de São Pedro:
Queridos peregrinos de língua portuguesa, com menção especial dos grupos de Portugal e do Brasil, sede bem-vindos! Esta peregrinação ao túmulo dos Santos Apóstolos Pedro e Paulo fortaleça, nos vossos corações, o sentir e o viver em Igreja sob o terno olhar da Virgem Mãe. Com Ela aprendei a ler os sinais de Deus na história e na vossa vida, para serdes construtores duma humanidade nova. De bom grado, confirmo estes votos com a minha Bênção para vós e vossas famílias