http://4.bp.blogspot.com/_14vrv7ni7HM/TLYyK0PS85I/AAAAAAAABU8/h4xBT0R8kQU/s1600/20101013225550_D0064009.jpg

 

Arquivo do blog

segunda-feira, 16 de maio de 2011

13 de maio em Fátima: halo solar impressiona multidão

Agência Lusa





No dia 13 de maio uma grande multidão de peregrinos reuniu-se em Fátima, aliás, como é costumeiro nesta grande data que comemora a primeira aparição de Nossa Senhora em 1917.

Foto de jornal
No auge das orações verificou-se um fenômeno natural que raramente acontece no local: um halo solar.

Considerando que em Fátima Nossa Senhora quis se manifestar ao povo com fenômenos luminosos como o famoso Milagre do Sol, em 13 de outubro de 1917, tem procedência se perguntar se este fenômeno foi um sinal do Céu.

O fenômeno do halo solar é explicado pela ciência. O que a ciência não explica - e, de fato, isso não é tarefa dela - o porquê de ter acontecido a 13 de Maio, em Fátima, como observou a Agência Lusa.

Mas, antes de qualquer outra consideração, o mais importante é discernir bem no que é que consistiu o acontecimento.

Um amigo nosso, da Espanha, se encontrava em Fátima no momento da excepcional auréola.

Ele nos comunicou suas impressões e enviou suas fotos que reproduzimos a continuação.

A viagem a Fátima correu perfeitamente conforme o planejado.

No final da missa solene na esplanada aconteceu o fenômeno da Auréola Solar.

Eu estava no fim da esplanada, no meio do povo, quando percebi que o outro lado olhou para o céu, e apontou para cima.

Houve um discreto frufru entre os peregrinos, e do setor das galerias da frente começou um grande aplauso que não chegou a se generalizar.

Olhei, então, para o sol que estava um pouco atrás de mim, mas bem acima.

Vi com surpresa essa enorme auréola em torno dele.

Nas minhas fotos as cores não saíram bem.

Grande quantidade de peregrinos foi testemunha
Era como um olho grande, sendo o próprio sol a menina do olho.

A pupila era de uma cor de rosa intenso, e o anel exterior puxava para o amarelo-marrom.

Isso me fez lembrar as água-vivas gigantes vistas desde baixo que aparecem nesses filmes subaquáticos da National Geographic em três dimensões.

O fenômeno durou um bom tempo, talvez uma hora, embora fosse mais intenso durante cerca de 20 minutos.

Começou por volta de meio-dia e pouco.

Assim noticiou o jornal "Correio da Manhã"
Mas o que realmente me surpreendeu foi a naturalidade com que as pessoas o acompanharam. Sem barulho, sem alucinações, ou exaltação, ou histeria.

Todo mundo estava tranqüilo, olhando com curiosidade e continuando a prestar atenção na cerimônia.

Também me causou surpresa que algo tão notável não fosse comentado por algum dos celebrantes que faziam uso do microfone, ainda que só fosse para registrar o fato.

Assim noticiou o "Jornal de Notícias"


Em suma, estas são as impressões que eu tive e que transmito para você se for de alguma utilidade.

Estou enviando em anexo fotos do que os jornais “Correio da Manhã” e “Jornal de Noticias” publicaram no dia seguinte.

Um grande abraço,

em Jesus e Maria

http://cienciaconfirmaigreja.blogspot.com/