http://4.bp.blogspot.com/_14vrv7ni7HM/TLYyK0PS85I/AAAAAAAABU8/h4xBT0R8kQU/s1600/20101013225550_D0064009.jpg

 

CONSERVAR O DEPÓSITO DA FÉ

 [ EN  - ES  - FR  - IT  - LA  - PT ]

CARTA ENCÍCLICA
PASCENDI DOMINICI GREGIS
DO SUMO PONTÍFICE
PIO XAOS PATRIARCAS, PRIMAZES,
ARCEBISPOS, BISPOS
E OUTROS ORDINÁRIOS EM PAZ
E COMUNHÃO COM A SÉ APOSTÓLICA
SOBRE
AS DOUTRINAS MODERNISTAS

Veneráveis Irmãos,
saúde e bênção apostólica
INTRODUÇÃO
A missão, que nos foi divinamente confiada, de apascentar o rebanho do Senhor, entre os principais deveres impostos por Cristo, conta o de guardar com todo o desvelo o depósito da fé transmitida aos Santos, repudiando as profanas novidades de palavras e as oposições de uma ciência enganadora. E, na verdade, esta providência do Supremo Pastor foi em todo o tempo necessária à Igreja Católica; porquanto, devido ao inimigo do gênero humano nunca faltaram homens de perverso dizer (At 20,30), vaníloquos e sedutores (Tit 1,10), que caídos eles em erro arrastam os mais ao erro (2 Tim 3,13). Contudo, há mister confessar que nestes últimos tempos cresceu sobremaneira o número dos inimigos da Cruz de Cristo, os quais, com artifícios de todo ardilosos, se esforçam por baldar a virtude vivificante da Igreja e solapar pelos alicerces, se dado lhes fosse, o mesmo reino de Jesus Cristo. Por isto já não Nos é lícito calar para não parecer faltarmos ao Nosso santíssimo dever, e para que se Nos não acuse de descuido de nossa obrigação, a benignidade de que, na esperança de melhores disposições, até agora usamos.
E o que exige que sem demora falemos, é antes de tudo que os fautores do êrro já não devem ser procurados entre inimigos declarados; mas, o que é muito para sentir e recear, se ocultam no próprio seio da Igreja, tornando-se destarte tanto mais nocivos quanto menos percebidos.  LER...
 [ EN  - ES  - FR  - IT  - LA  - PT ]

CARTA ENCÍCLICA
PASCENDI DOMINICI GREGIS
DO SUMO PONTÍFICE
PIO XAOS PATRIARCAS, PRIMAZES,
ARCEBISPOS, BISPOS
E OUTROS ORDINÁRIOS EM PAZ
E COMUNHÃO COM A SÉ APOSTÓLICA
SOBRE
AS DOUTRINAS MODERNISTAS

Veneráveis Irmãos,
saúde e bênção apostólica
INTRODUÇÃO
A missão, que nos foi divinamente confiada, de apascentar o rebanho do Senhor, entre os principais deveres impostos por Cristo, conta o de guardar com todo o desvelo o depósito da fé transmitida aos Santos, repudiando as profanas novidades de palavras e as oposições de uma ciência enganadora. E, na verdade, esta providência do Supremo Pastor foi em todo o tempo necessária à Igreja Católica; porquanto, devido ao inimigo do gênero humano nunca faltaram homens de perverso dizer (At 20,30), vaníloquos e sedutores (Tit 1,10), que caídos eles em erro arrastam os mais ao erro (2 Tim 3,13). Contudo, há mister confessar que nestes últimos tempos cresceu sobremaneira o número dos inimigos da Cruz de Cristo, os quais, com artifícios de todo ardilosos, se esforçam por baldar a virtude vivificante da Igreja e solapar pelos alicerces, se dado lhes fosse, o mesmo reino de Jesus Cristo. Por isto já não Nos é lícito calar para não parecer faltarmos ao Nosso santíssimo dever, e para que se Nos não acuse de descuido de nossa obrigação, a benignidade de que, na esperança de melhores disposições, até agora usamos.
E o que exige que sem demora falemos, é antes de tudo que os fautores do êrro já não devem ser procurados entre inimigos declarados; mas, o que é muito para sentir e recear, se ocultam no próprio seio da Igreja, tornando-se destarte tanto mais nocivos quanto menos percebidos.  LER...

Arquivo do blog

sábado, 30 de agosto de 2014

Solemn Vows at Heiligenkreuz. Assumption 2014 Photopost

Solemn Vows at Heiligenkreuz



Yesterday, the feast of St Bernard of Clairvaux, two monks of Stift Heiligenkreuz in Austria made their solemn vows. Our good friendSancrucensis has some very nice pictures of the ceremony, and the following explanation of the ceremony. Click over to him for more photos. 
The ceremony for solemn vows follows more or less the outline described by St Benedict in the Rule, and is marked by St Benedict’s Roman sobriety. After the Gospel the candidates prostrate themselves before the Abbot, who asks: Quid pétitis? (What do you ask for?) They respond Misericórdiam Dei et Ordinis. (The mercy of God and of the Order.) The abbot then tells them to arise and preaches a sermon, sitting on the faldstool with the candidates standing in front of him. Then comes the feudal “homagium,” in which the candidates lay their hands in the abbot’s and promise him and his successors obedience according to the Rule of St Benedict “usque ad mortem.” Then every one kneels down and theVeni Creator Spiritus is sung. Then come the actual vows. The candidates read out the vows of stability, conversion of morals and obedience, which they have written by hand on parchment. They then sign the vow charts on the altar. The charts remain on the altar and are offered to God together with the gifts of the Mass. After signing the vows they sing Súscipe me, Dómine, secúndum elóquium tuum et vívam; † et non confúndas me ab exspectatióne mea three times. (Psalm 118, 116. In Benedictine breviaries, this verse, which is sung at Terce of Monday, is printed in small caps or otherwise distinguished as a weekly reminder of the day of one’s profession.) They then kneel down in front of each and every monk in the community, saying Ora pro me Pater, (Pray for me, Father) to which the monks reply Dóminus custódiat intróitum tuum et éxitum tuum. (The Lord keep thy entering and thy going forth.) While this is going on cantors sing the Miserere. Then the newly professed monks are then blessed with an extraordinary three part prayer, addressed to each of the Persons of the Blessed Trinity in turn. They are then clothed in the cowl and the Mass proceeds.






Assumption 2014 Photopost




We have another awesome photopost, showing many beautiful liturgies from around the world. Thanks to all those who sent in pictures!

Pontifical Mass at the Throne with Bishop Robert Morlino
Bishop O'Connor Center, Diocese of Madison, WI




St. John Chrysostom Byzantine Catholic Church in Columbus, Ohio
Divine Liturgy on the Feast of the Dormition of the Theotokos


Solemn Mass (EF)
Christ the King in Kansas City, MO


Birmingham Oratory

Solemn Mass (EF)
Church of the Holy Ghost, Tiverton, RI


Solemn Mass (EF)
Gesù Church, Miami, FL
One of the first solemn Masses celebrated entirely by diocesan clergy (the FSSP have been assisting in that area for some time)



High Mass (EF)
Holy Family Parish, Diocese of Cubao, Philippines



Saalbach, Austria

Solemn Mass (EF)
St. Ann, Budapest, Hungary


High Mass (EF) and Blessing of Herbs
Holy Innocents, New York City, NY


High Mass (EF)
St. Cecilia Church, Diocese of Brooklyn, NY


Diest, Belgium
Cathedral of St. John Berchmans
http://www.newliturgicalmovement.org/