Don Divo Barsotti

Arquivo do blog

quinta-feira, 13 de junho de 2013

A Igreja é o Povo de Deus - o Papa Francisco na Audiência Geral





Ouça aqui... RealAudioMP3

A Igreja é o “Povo de Deus”. Esta é a principal lição a retirar-se da catequese que o Papa Francisco propôs na audiência geral desta quarta-feira. Uma Praça de São Pedro cada vez mais pequena para tão enormes multidões, recebeu em júbilo o Santo Padre que como sempre retribui com enorme afeto as saudações dos peregrinos. Estes começam a chegar com os primeiros raios de sol e trazem alegria, esperança e neste ano principalmente uma enorme fé em Jesus Cristo. Alíás eles são o Povo de Deus.

"Hoje gostaria de me deter brevemente sobre um outro termo com que o Concílio Vaticano II definiu a Igreja, aquele de Povo de Deus. E faço-o com algumas perguntas, sobre as quais cada um poderá refletir. O que quer dizer ser Povo de Deus? Antes de mais quer dizer que Deus não é posse exclusiva de nenhum povo, porque é Ele que nos chama, nos convoca, nos convida a fazer parte do seu povo seu povo, e esse convite é dirigido a todos sem distinção, porque a misericórdia de Deus quer a salvação para todos. "

A quem se sente longe de Deus e da Igreja, a quem está hesitante ou indiferente, a quem pensa que não pode mudar, é preciso dizer: o Senhor também lhe chama para ser do seu povo e o faz com grande respeito e amor.

"Como é que se torna membro deste povo? Não é através do nascimento físico, mas através de um novo nascimento. No Evangelho, Jesus diz a Nicodemos que é preciso nascer da água e do espírito para entrar no Reino de Deus."

A pertença a este povo, cuja lei é o amor a Deus e ao próximo, dá-se através do Batismo e da fé em Cristo, dom de Deus que deve ser alimentado e crescer ao longo da nossa vida.

"Qual é a lei do Povo de Deus? É a lei do amor, amar a Deus e amar o próximo segundo o mandamento novo que nos deixou o Senhor."

Este amor não deve ser um vago sentimentalismo mas um acolher o outro como verdadeiramente irmão superando divisões, rivalidades, egoismos e incompreensões. Segundo o Santo Padre temos ainda um longo caminho a percorrer para viver em concreto a nova lei da caridade e do amor.

"Que missão é que tem este povo? Aquela de levar ao mundo a esperança e a salvação de Deus: ser sinal do amor de Deus que chama todos à amizade com Ele; ser fermento que faz fermentar toda a massa, sal que dá sabor e preserva da corrupção, luz que ilumina."

A missão do Povo de Deus é levar ao mundo a esperança e a salvação de Deus, fazendo com que o Seu Reino se desenvolva até a sua perfeição, com o regresso glorioso de Cristo. A realidade às vezes parece sombria e dominada pelo mal mas o Papa Francisco afirmou uma certeza:

"Deus é mais forte!"

A realidade pode mudar, porque Deus é o mais forte! E, assim, o Reino de Deus vencerá e viveremos na comunhão plena com o Senhor. E o Santo Padre terminou desejando que a Igreja seja lugar da misericórdia e da esperança de Deus, onde cada um possa sentir-se acolhido, amado, perdoado e encorajado a viver segundo a vida boa do Evangelho.

No final da audiência o Papa Francisco saudou os milhares de fieis presentes. Ouçamos a saudação aos peregrinos de língua portuguesa:

"Dirijo uma cordial saudação aos peregrinos vindos do Brasil e demais países de língua portuguesa. O Senhor vos chama a ser fermento no mundo, irradiando sua a misericórdia e a sua salvação, com o testemunho de uma vida evangélica. Que o Senhor vos abençoe a todos!"