http://4.bp.blogspot.com/_14vrv7ni7HM/TLYyK0PS85I/AAAAAAAABU8/h4xBT0R8kQU/s1600/20101013225550_D0064009.jpg

 

CONSERVAR O DEPÓSITO DA FÉ

 [ EN  - ES  - FR  - IT  - LA  - PT ]

CARTA ENCÍCLICA
PASCENDI DOMINICI GREGIS
DO SUMO PONTÍFICE
PIO XAOS PATRIARCAS, PRIMAZES,
ARCEBISPOS, BISPOS
E OUTROS ORDINÁRIOS EM PAZ
E COMUNHÃO COM A SÉ APOSTÓLICA
SOBRE
AS DOUTRINAS MODERNISTAS

Veneráveis Irmãos,
saúde e bênção apostólica
INTRODUÇÃO
A missão, que nos foi divinamente confiada, de apascentar o rebanho do Senhor, entre os principais deveres impostos por Cristo, conta o de guardar com todo o desvelo o depósito da fé transmitida aos Santos, repudiando as profanas novidades de palavras e as oposições de uma ciência enganadora. E, na verdade, esta providência do Supremo Pastor foi em todo o tempo necessária à Igreja Católica; porquanto, devido ao inimigo do gênero humano nunca faltaram homens de perverso dizer (At 20,30), vaníloquos e sedutores (Tit 1,10), que caídos eles em erro arrastam os mais ao erro (2 Tim 3,13). Contudo, há mister confessar que nestes últimos tempos cresceu sobremaneira o número dos inimigos da Cruz de Cristo, os quais, com artifícios de todo ardilosos, se esforçam por baldar a virtude vivificante da Igreja e solapar pelos alicerces, se dado lhes fosse, o mesmo reino de Jesus Cristo. Por isto já não Nos é lícito calar para não parecer faltarmos ao Nosso santíssimo dever, e para que se Nos não acuse de descuido de nossa obrigação, a benignidade de que, na esperança de melhores disposições, até agora usamos.
E o que exige que sem demora falemos, é antes de tudo que os fautores do êrro já não devem ser procurados entre inimigos declarados; mas, o que é muito para sentir e recear, se ocultam no próprio seio da Igreja, tornando-se destarte tanto mais nocivos quanto menos percebidos.  LER...
 [ EN  - ES  - FR  - IT  - LA  - PT ]

CARTA ENCÍCLICA
PASCENDI DOMINICI GREGIS
DO SUMO PONTÍFICE
PIO XAOS PATRIARCAS, PRIMAZES,
ARCEBISPOS, BISPOS
E OUTROS ORDINÁRIOS EM PAZ
E COMUNHÃO COM A SÉ APOSTÓLICA
SOBRE
AS DOUTRINAS MODERNISTAS

Veneráveis Irmãos,
saúde e bênção apostólica
INTRODUÇÃO
A missão, que nos foi divinamente confiada, de apascentar o rebanho do Senhor, entre os principais deveres impostos por Cristo, conta o de guardar com todo o desvelo o depósito da fé transmitida aos Santos, repudiando as profanas novidades de palavras e as oposições de uma ciência enganadora. E, na verdade, esta providência do Supremo Pastor foi em todo o tempo necessária à Igreja Católica; porquanto, devido ao inimigo do gênero humano nunca faltaram homens de perverso dizer (At 20,30), vaníloquos e sedutores (Tit 1,10), que caídos eles em erro arrastam os mais ao erro (2 Tim 3,13). Contudo, há mister confessar que nestes últimos tempos cresceu sobremaneira o número dos inimigos da Cruz de Cristo, os quais, com artifícios de todo ardilosos, se esforçam por baldar a virtude vivificante da Igreja e solapar pelos alicerces, se dado lhes fosse, o mesmo reino de Jesus Cristo. Por isto já não Nos é lícito calar para não parecer faltarmos ao Nosso santíssimo dever, e para que se Nos não acuse de descuido de nossa obrigação, a benignidade de que, na esperança de melhores disposições, até agora usamos.
E o que exige que sem demora falemos, é antes de tudo que os fautores do êrro já não devem ser procurados entre inimigos declarados; mas, o que é muito para sentir e recear, se ocultam no próprio seio da Igreja, tornando-se destarte tanto mais nocivos quanto menos percebidos.  LER...

Arquivo do blog

terça-feira, 18 de novembro de 2014

Card Burke : “Even within the church there are those who would obscure the truth of the indissolubility of marriage in the name of mercy.”

Card. Burke – off the leash – in Ireland

In the UK’s best Catholic weekly, the Catholic Herald, read about what Card Burke said about some of the burning questions for the Church today.
A sample:
Warning that Satan was sowing confusion and error about matrimony, the cardinal patron of the Knights of Malta said, “Even within the church there are those who would obscure the truth of the indissolubility of marriage in the name of mercy.”
The 66-year-old former archbishop of St Louis instead recommended that next year’s synod devote itself to promoting the church’s teaching on marriage.
Cardinal Burke also ruled out any easing of the restriction on Communion for those divorced and remarried without an annulment of their original marriage.
“I fail to be able to comprehend how — if marriage is indissoluble and someone is living in a state contradicting this indissolubility of marriage — the person can be admitted to holy Communion,” he said.
He urged the Catholic faithful to write to Pope Francis and Vatican and Irish church officials to make their views known.
Lashing out at the “so-called contraceptive mentality,” he warned it was “anti-life” and blamed it for “the devastation that is daily wrought in our world by the multi-million dollar industry of pornography” and the “incredibly aggressive homosexual agenda,” which he claimed could only result in “the profound unhappiness and even despair of those affected by it.”
Cardinal Burke said he was reduced to tears by attempts to introduce “so-called gender theory” into schools.
He warned that such theory was “iniquitous” and that exposing children to such “corrupt thinking” could not be permitted.
He said “society has gone even further in its affront to God and his law by claiming the name of marriage for liaisons between persons of the same sex.”
To applause, the cardinal said he refused to use the term traditional marriage for the marriage of a man and a woman.
“My response is — is there any other kind of marriage? I fear that by using that terminology that we give the impression that we think that there are other kinds of marriage; well, we don’t.”
Speaking ahead of the conference to RTE News, Cardinal Burke said he would refuse Communion to a Catholic politician who voted for same-sex marriage.
In his opening address to the conference, Bishop Brendan Leahy of Limerick said the family needs to be rediscovered as the essential agent of evangelization.
However, he referred to the final message of October’s synod, to remind conference delegates that “people need to be accepted in the concrete circumstances of life.”
This is what bishops should sound like.