Arquivo do blog

segunda-feira, 6 de março de 2017

JESUS : quero que vejais tudo através dos Meus olhos. Desta forma, pouco a pouco, vós e Eu tornarnos-emos um só.

Resultado de imagem para sagrado coração eucarístico jesus


28 de Agosto de 2003
Jesus
Eu quero atrair as almas para o Meu Sagrado Coração. O Meu Sagrado Coração é o lugar seguro para vós, Meus queridos filhos. É aqui, na segurança do Meu amor, que podereis descansar e começar a olhar para o vosso mundo com clareza.
Tal como Eu vos disse que vejo o vosso mundo através dos vossos olhos, porque estou sempre convosco, quero que vejais tudo através dos Meus olhos. Desta forma, pouco a pouco, vós e Eu tornarnos-emos um só. Quando olhardes para uma situação que vos aflige, quero que penseis, ‘O que diria o meu Jesus sobre isto?’ Se estiverdes inseguros, perguntai-Me simplesmente, e Eu dir-vos-ei. Da mesma forma, quando olhardes para uma situação que vos causa alegria, perguntai-Me se Eu também sinto alegria.
 Poderemos então alegrar-Nos juntos. E há muito para Nos alegrarmos, Meu querido filho. Por exemplo, Eu sinto alegria quando te vejo. Eu vejo os teus combates e sabes porque Me dá alegria ver esses teus combates? Porque tu estás a tentar ser bom. Nós, no Céu, observamos este combate pelo bem e mandamos-te toda a espécie de pequenas recompensas e ajudas. Estamos contigo nos teus combates, mais do que aquilo que tu possas imaginar. O Meu coração bate com tanta ternura por ti quando te encontras no meio  de um combate. Meu filho, não deves tomar este combate como se fosse um sinal de insucesso, mas antes como um sinal de que estás a conseguir. Sabes, quando se está instalado na maldade, travam-se poucos combates. Há uma aceitação ou aquiescência pacífica, mas agoirenta.

Por isso não tenhas medo. Enquanto tiveres o desejo de Me servir, Eu estarei contigo, nesse desejo inicial, e levarei Comigo tudo aquilo de que necessitas para conseguires. Meu filho, Eu tornarei tudo fácil para ti. Não faz parte da Minha natureza confundir, por isso tens de acreditar que a confusão não vem de Mim. O medo, a angústia e a agitação não vêm de Mim. A amargura, o ódio, a decepção não vêm de Mim. Quer isto dizer que nunca experimentarás nenhum destes sentimentos? Não, porque eles fazem parte da tua cruz na terra.

O que te estou a dizer, é que tens de Me entregar estas coisas. Eu pegarei nelas e tu ficarás liberto delas. Poderás voltar a ter de enfrentar esses sentimentos, talvez até no espaço de uma hora. Volta para Mim, no teu coração, onde Eu permaneço, e Eu voltarei a pegar nelas. Vês, Meu querido filho, agora os teus combates são Meus. Eu sou mais forte, mais prudente, mais capaz de Me ocupar deles, e Eu quero arrancar de ti todos os pensamentos negativos. Eu procuro curar-te e renovar-te. Eu posso fazê-lo se Me deixares. Não faço esta promessa só para agora, para este momento.   É um compromisso para toda a vida. Quando vives uma dificuldade com as tuas emoções, trá-la imediatamente até Mim. E é aí que ela acabará. Não quero os Meus filhos aflitos com obsessões. E porque Me pertences e procuras servir-Me, este é um direito que Eu te concedo. Olha para isto como um adiantamento em relação à tua herança eterna. É minha intenção dar-te uma parte da paz de que gozamos no Céu. É este o Meu presente para ti, e é uma concessão especial para os momentos difíceis que estás a viver. Traz-Me as tuas preocupações, pequena alma do Meu coração. Eu, o teu Deus, quero aliviar-te.