http://4.bp.blogspot.com/_14vrv7ni7HM/TLYyK0PS85I/AAAAAAAABU8/h4xBT0R8kQU/s1600/20101013225550_D0064009.jpg

 

Arquivo do blog

domingo, 16 de agosto de 2009

Bento XVI:São João Maria Vianney "falava da Virgem com devoção e ao mesmo tempo com confiança e imediatez"


.- O Papa Bento XVI presidiu este sábado às 8:00 a.m. -hora local- na capela de Santo Tomás de Villanueva, no Palácio Apostólico de Castelgandolfo, a Solenidade da Assunção da Virgem; e durante o Ângelus que presidiu ao meio-dia ante milhares de fiéis, convidou a consagrar os sacerdotes, no marco do “Ano Sacerdotal” à Virgem Assunta.

O Pontífice recordou que no "coração" do mês de agosto, a Igreja celebra a Assunção da Virgem Maria como "ocasião privilegiada para meditar sobre o sentido último da existência humana, ajudados pela liturgia de hoje que nos convida a viver neste mundo sempre orientados aos bens eternos, para compartilhar a mesma glória de Maria, nossa Mãe".

O Pontífice pediu "voltar os olhos para a Mãe, Estrela da Esperança" no contexto do Ano Sacerdotal que tem como padroeiro ao Santo Cura D’Ars, "de quem quisera -prosseguiu- "extrair pensamentos e testemunhos", especialmente para que "nós sacerdotes revivamos o amor e a veneração à Virgem Santíssima".

A respeito disto, o Papa recordou que São João Maria Vianney "falava da Virgem com devoção e ao mesmo tempo com confiança e imediatez", e citou ao Santo Padre de Ars: "A Santa Virgem é imaculada, adornada de todas as virtudes que a fazem tão bela e agradável à Santíssima Trindade"

"Estas expressões -explicou o Santo Padre- transparentam o zelo do sacerdote, que, movido por um desejo apostólico, goza-se ao falar de Maria aos fiéis, e não se cansa jamais de fazê-lo".

Inclusive um mistério difícil como o da Assunção, o Cura D’Ars, "sabia apresentá-lo com imagens eficazes, por exemplo: 'o homem é criado para o céu. O demônio rompeu a escada que nos conduzia. Nosso Senhor, com sua Paixão, construiu-nos outra… A Santíssima Virgem está no alto da escada e a sustenta com suas duas mãos'", explicou o Papa, citando sempre ao Cura D’Ars.

"O Santo Padre do Ars se sentia atraído sobre tudo pela beleza de Maria, beleza que coincide com seu ser Imaculada, a única criatura concebida sem sombra de pecado"; disse o Papa; quem recordou que São João Maria Vianney consagrou várias vezes sua paróquia à Virgem, recomendando às mães a fazerem o mesmo cada manhã com seus filhos".

“Queridos irmãos e irmãs, façamos nossos os sentimentos do Santo Cura D’Ars. E com a mesma fé, nos dirijamos a Maria Assunta ao céu, confiando-lhe de modo particular os sacerdotes do mundo inteiro", concluiu.

fonte: